AGRONOMIA

Titulação: Bacharel

Duração: 5 Anos    Lançamento: 2020    Período: Noturno 

Reconhecimento: Portaria Mec nº 119 , de 22 de abril de 2020.

SOBRE O CURSO

O Curso de Agronomia da Faculdade Cristo Rei objetiva a formação generalista de agrônomos aptos a compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como a utilizar racionalmente os recursos disponíveis, além de conservar o equilíbrio do ambiente, agindo de forma sustentável.

Desta forma, estando qualificados para a atuação em todos os níveis da agricultura, com uma visão ampla e global, respeitando os princípios éticos, morais e culturais do indivíduo e da coletividade. O profissional poderá atuar nas áreas de extensão, científica ou/ e empreendedor.

OBJETIVOS

– Estimular o relacionamento humano por meio do trabalho em equipe, incorporando-o num entrelaçamento com a Instituição, para compreensão da importância do papel do profissional perante a sociedade, com atuação de cooperação;

– Promover e desenvolver a habilidade de comunicação e transmissão do conhecimento acadêmico;

– Exercitar o emprego de raciocínio reflexivo, crítico e criativo;

– Incentivar a pesquisa científica e tecnológica e a extensão acadêmica;

– Promover o respeito à fauna e à flora;

– Incentivar o uso tecnológico racional, integrado e sustentável do ambiente;

– Formar um profissional capacitado para solucionar problemas no setor agrícola, visando à conservação e recuperação da qualidade do solo, do ar e da água;

– Despertar o espírito empreendedor do acadêmico e comunidade envolvida

ATIVIDADES DO CURSO

  • Atividades em grupo
  • Aulas teóricas e práticas
  • Pesquisas relacionadas ao agronegócio
  • Iniciação cientifica
  • Atividades de extensão 
    — Utilização de técnicas modernas e inovadoras de desenvolvimento regional e nacional
  • Visitas técnicas
  • Estágios

VOCÊ SABIA?

O curso de agronomia surgiu na Bahia em Lages em 1875, e a profissão Engenheiro Agrônomo só foi reconhecida em 12 de outubro de 1933, quando comemoramos o nosso dia. Hoje o agronegócio é muito importante na economia brasileira, é o guardião da balança comercial e responsável por grande parte do PIB. O mercado de trabalho é amplo e permite ao profissional seguir diferentes áreas de atuação, desde campo até escritórios. A remuneração média é de 8 salários mínimos, dependendo da área de atuação e horas trabalhadas, podendo este estender até 30 salários mínimos quando ocuparem um cargo de maior responsabilidade como chefia, gerência ou supervisão em grandes empresas, principalmente as multinacionais.

O agronegócio é um setor altamente defensivo, o Brasil tem importante participação perante ao cenário mundial, responsável pela produção de 20% dos alimentos. E Ainda, sabendo que a população mundial tende a dobrar até 2050, temos que aumentar a produção de alimentos por unidade de área e este desafio é nosso, que começa com a implantação de tecnologias que tragam o retorno. Na situação atual é a única área que se encontra em constante atividade e perspectivas futuras positivas, com safras recordes de colheita de milho, assim como foi a de soja que acabou de chegar ao fim. Houve a alta na compra de alguns insumos, mas os agricultores tem se sentido satisfeitos com a comercialização dos produtos, exceto de algumas áreas com produtos perecíveis, devido alguns decretos estaduais impostos pelos governadores.

As áreas de atuação de um Engenheiro Agrônomo podem ser classificadas em cinco:

  • Campo: Aquele que estará em contato direto com as condições edafoclimáticas, faça chuva ou faça sol, estará na lida de chapéu e botina. Podendo este estar atuando em consultoria (com vendas ou não de insumos), elaboração de projetos agrícolas, administração e/ou gerenciamento de fazendas.
  • Pesquisa – Atuação em instituto público ou privado, com desenvolvimento de produtos seja ele fertilizantes, inseticida, herbicida, fungicida, melhoramento genético, sementes, mecanização, etc…
  • Ensino – Através da especialização, mestrado, doutorado, ele poderá atuar em faculdades e escolas.
  • Indústria – Através da Produção de produtos e insumos . Ou seja, elementos essenciais para aumentar a produção. Criação de Tecnologia – Trator, GPS, fertilizantes via solo, foliar, etc…
  • Setor público – Ser concursado e atuar nos órgãos de investigação como Policia Federal, Emater, Embrapa, MAPA e bancos.

A área de atuação do egresso do Curso de Agronomia é bastante ampla. O profissional poderá atuar em organizações regionais e nacionais, ocupação do espaço rural, produção animal ou vegetal, transformação, comercialização e serviços e atividades de planejamento rural.

O profissional a ser formado pelo curso deverá ter um embasamento técnico, humanista, político e metodológico adequado, para que atue com base nos conteúdos da sustentabilidade agroecológica nas esferas pública e privada.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

A formação do estudante do Curso de Agronomia da Faculdade Cristo Rei – FACCREI, deve propiciar o desenvolvimento das competências e habilidades indicadas nas diretrizes curriculares nacionais do curso. Assim, tal formação deverá estimular o domínio de conhecimentos articulados às competências, habilidades básicas e atitudes constantes no núcleo comum do curso, bem como, o domínio dos conhecimentos vinculados às competências e habilidades relativas aos eixos profissionalizantes. Assim, ao final do processo formativo, o discente, sujeito e objeto do foco do fazer pedagógico, deverá ser um profissional consciente das suas funções profissionais, com conhecimento geral e inerente a sua área, com habilidades específicas, com base teórica e compreensão da relação entre teoria e prática, objetivando uma prática profissional de excelência. Ciente da construção de atitudes humanas e éticas, o “saber ser” e compreender seu papel no mercado local e internacionalizado, de modo a garantir a identidade do seu Curso, em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais, na sua área de atuação, contempladas no Projeto Pedagógico do curso.

O Curso de Agronomia da FACCREI é fundamentado no PDI com vigência 2017-2021 e nas características socioeconômicas da região. Possui uma abordagem multidisciplinar, voltada à visão global, integrada e crítica da profissão e da atuação profissional, dotando o egresso de competência técnica, científica e administrativa, tornando-o apto para a atuação técnica, a tomada de decisões, a comunicação, a liderança, ao Gerenciamento e a administração e bem como, a educação continuada.

Baseado na abordagem do curso pretende-se formar agrônomos com:

  • Formação equilibrada, espírito crítico e reflexivo, visão cultural ampla e compromisso social;
  • Capacidade de forma científica e profissional, a absorver e desenvolver tecnologias, bem como a identificar e resolver problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade;
  • Capacidade para a proposição e execução de projetos que possibilitem ações equilibradas entre desenvolvimento social e econômico às famílias rurais e sustentabilidade ambiental nos processos de produção agrícola; além da produção de alimentos com quantidade e qualidade adequadas ao meio e às demandas sociais,
  • Habilidade de comunicação; domínio metodológico amplo; competência no relacionamento interpessoal e propensão para o trabalho em equipes; com capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo, às novas situações.
  • Compreensão de sistemas complexos e tradução das necessidades da sociedade com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e ambientais; atentos a diferentes dimensões da realidade em que se inserem e com disposição para aprendizagem permanente e para o autodesenvolvimento.
  • Espírito empreendedor, potencializando a geração e aplicação de novos produtos, tecnologias e serviços, respeitando os preceitos de precaução ambiental com vistas ao desenvolvimento socioeconômico;
  • Capacidade de trabalhar com diferentes racionalidades agronômicas e estilos de agricultura, concebendo, projetando e manejando agro ecossistemas sustentáveis e cadeias produtivas, levando em consideração eventuais limitações e potencialidades regionais.

– Profa Dra Moniki Campos Janegitz

– Graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista – ESAPP

– Estágio na University of Califórnia – UC DAVIS – Como técnica em pesquisa

– Mestrado em Agricultura pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”  Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP/Botucatu

– Doutorado em Agricultura também pela Faculdade de Ciências Agronômicas UNESP/Botucatu, com período sanduiche na University of Tennesse – Knoxville – USA

Atualmente coordenadora dos cursos de engenharia da faculdade Cristo Rei de Cornélio Procópio. Sócia proprietária da TopoFert Assessoria & Consultoria Agricola e fundadora da marca Fertilidade 5.0.

TEM INTERESSE NESSE CURSO?

PREENCHA COM SEUS DADOS QUE ENTRAREMOS EM CONTATO

CORPO DOCENTE

Aislan da Silva Nunes

Mestre

Bruna Aparecida Guide

Pós-Doutorado

Dayane da Silva Alves

Mestre

Denise de Oliveira

Mestre

Juliana Ferri

Mestre

Marcia Regina Coalho

Doutora

Lucas Pizzaia Falda

Mestre

Leonardo Rafael Pinhel

Especialista

Moniki Campos Janegitz

Doutora e Coordenadora do curso

Thiarles Cristian Aparecido Tonon

Mestre

Fechar Menu